Dezembro

TRY TO REMEMBER THAT KIND OF DECEMBER, WHERE…!

capitu está de ressaca

Eu amo o mês de dezembro. Amo as festas de final de ano, o clima natalino, as decorações em tons de verde e vermelho, as luzes que invadem todas as casas, a esperança da renovação, a troca de presentes, as demonstrações de afeto. É um clichê, eu bem sei disso. Mas, eu não faço questão de fugir do estereótipo de menina sonhadora, pelo menos, não mais.

Nunca entendi muito bem o sentimento que nos invade durante essa época. Hoje, depois de anos de uma busca infindável por respostas, aceitei que nem sempre as teremos. Muita coisa nos foge o entendimento, e graças a Deus por isso. Seria muito chato se as explicações viessem prontas, melhor aproveitar o mistério.

E o que é o amor, senão o maior mistério da vida? É simplesmente o maior enigma da humanidade, impossível de ser decifrado de maneira racional. É preciso muita sensibilidade para ler…

View original post 437 more words

This entry was posted in Uncategorized on by .

About Jonathan Caswell

Mr. Caswell has been composing poetry at least since High School. He has been on WORD PRESS for ten years and contributes to two other blogs beside this one. This blog has a Christian emphasis but all bloggers are welcome. Mr. Caswell chooses to---with permission--re[post material of interest

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.